Sinos

O Rio dos Sinos recebeu este nome pelos seus “sinos” ou curvas que serpenteiam a planície entre a serra gaúcha e a região metropolitana de Porto Alegre. Mas suas curvas têm muita história para contar. Sua beleza natural encantou os primeiros imigrantes alemães que singraram suas águas até aportarem na Colônia de São Leopoldo, e continuam a presentear as novas gerações que se dispõe a conhecê-lo um pouco mais de perto. Castigado pela poluição industrial crescente dos últimos anos, o rio foi testemunha de um genocídio de peixes hà 5 anos. Com grande estardalhaço, a caça as bruxas começou, mas não se sabe ao certo se vai terminar, ou trazer resultados… De qualquer forma, parece que há vontade em fazer algo para cuidar melhor de suas águas. O saneamento da região avançou (um pouco…) e até um museu para divulgar sua riqueza deverá ser construído nas suas margens, aproveitando um antigo casarão. Pelo menos é o que diz a desbotada placa, abaixo de um telhado quebrado…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s