O prédio e o rio

Ainda o prédio do centro… Que ainda não caiu… Parece que agora a prefeitura vai intervir na edificação da esquina da Marchal Floriano com Riachuelo, e depois cobrar dos proprietários. E terá que fazer isso, para que suas paredes não caiam na cabeça de alguém…. Enquanto isso em outras páginas dos jornais, lê-se que será elaborado um plano para a bacia do Rio dos Sinos. O tal plano se fala há uns vinte anos… E que será cobrado o uso da água para arrecadar dinheiro… E que serão feitas obras que melhorem a sua qualidade, devolvendo-o assim, à população… Nesse meio tempo, alguns peixes já morreram e pesadores ficaram a míngua, mas pouco se avançou. Agora começa a faltar água com a seca que nos assola, e se volta a falar em plano. Mas tudo muda e no inverno podem vir às cheias e ameaça de inundações. E será dito que é preciso fazer novas obras, e alguém lembrará do plano… Seria bom que as coisas andassem, antes que se chegue a um ponto que chegou o prédio do centro histórico de Porto Alegre. Começando a desabar, e interditando ruas. Seja por parte da iniciativa privada (dona do prédio) seja pelo poder público e a sociedade (responsável por nossas águas), já passou da hora de olhar com mais carinho e responsabilidade, aquilo que nos cerca….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s