Pórtico no chão

Foi uma barberagem do motorista de um guincho, paciência. Mas ninguém tinha feito algo igual nos últimos cem anos, derrubando o pórtico da antiga vinícola Luiz Antunes em Caxias do Sul. A pujança da empresa fundada por um descendente de açorianos que, com o sucesso em Porto Alegre, se lançou no meio dos “italianos” da serra, foi sacramentada nesta obra de boas vindas. Por baixo dela passaram gerações de trabalhadores durante a existência da empresa, falida em 1982. Com colunas em pedra, que sustentavam uma barra de alvenaria e um letreiro, o singelo monumento agora está no chão, mas o antigo empresário, ainda batiza a rua e o memorial no Centro Cultural Ordovás próximo dali. É o reconhecimento de quem, vindo de outra região, fez sucesso, marcou território e deixou seu nome na história da cidade. Mas assim como seu empreendimento não resistiu ao tempo, o monumento não resistiu à direção pouco cuidadosa e o excesso de altura de um caminhão (devidamente comprovada e multada). Andamos muitas vezes por esta cidade, mas este cantinho não nos era conhecido…. Tarde demais…. Pelo menos o memorial continua lá…

Veja neste link a matéria do Jornal Pioneiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s