A cabeça cortada do Coronel


É como está hoje a estátua de Genuíno Sampaio aos pés do Ferrabraz. Morto na batalha em que comandou a derrota do grupo religioso conhecido como Muckers, e militar do então império brasileiro tem uma estátua sua no local onde caiu morto. Mas sem a cabeça. O vandalismo que vitimou novamente uma das partes do conflito, também atinge outros monumentos na volta, estes mais voltados a fortalecer a paz, homenageando também o grupo liderado por Jacobina Maurer, que também teve perdas inclusive em suas lideranças…. O lugar e esta história merecem mais, por vários motivos. Mas o principal deles é aprender com o passado, para que se possa entender o presente e construir o futuro… 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s