A lenda da Lagoa do Violão em Torres

DSC03175

Uma belíssima história, que explica porque esta lagoa encravada em meio ao agitado balneário gaúcho, possui a forma deste instrumento musical. Ela começa com o naufrágio de um antigo navio espanhol, na Ilha dos Lobos em frente à Praia Grande. Quando a forma como o único sobrevivente encontrou para chegar até a areia, foi usar o seu inseparável violão como boia. Encontrado quase sem vida pelo chefe da tribo que habitava o lugar, onde séculos depois seria erguida a Praia da Cal, o espanhol foi acolhido pelos índios e passou a conviver com eles. E a encantá-los com sua música. Não se sabe qual era o nome deste cantor, mas sua nova comunidade o chamou de Puiara, que em tupi-guarani significa o dono da música. E com esta propriedade especial, fez com que muitos se apaixonassem fervorosamente por ele. Inclusive uma bela jovem de nome Ocarapoti, que quer dizer flor silvestre, filha do todo poderoso cacique. E o pai da moça, ao perceber que o feitiço do homem que sobrevivera à fúria do mar, estava contaminando a todos e lhe trazendo grande poder, decidiu que algo precisava ser feito. A morte do tocador de viola foi então decretada pelo chefe, com direito a cremação e as suas cinzas transformadas em uma pasta ingerida por todos. Pois acreditava-se que seu dom poderia assim ser distribuído para a felicidade geral da tribo. Mas Ocarapoti não se conformou, e junto com o violão do amado se refugiou em cima do morro que um dia receberia um farol. E até o fim dos seus dias, derramou dolorosas lágrimas sobre a planície. E tantas e tão apaixonadas foram, que formaram uma lagoa no formato do instrumento que tanto tocara o seu coração, e de muitos outros da sua comunidade… Mas o tempo passou. E vieram os prédios com seus apartamentos, os pedalinhos com seus veranistas e muitos outros violões com novas canções. E as águas seguiram ali como prova do amor da bela Ocarapoti por Puiara, o encantador espanhol que sobreviveu a uma tragédia no mar, mas foi engolido pela tribo de sua amada…

DSC03231

DSC03227

Reserve seu HOTEL para este, ou qualquer outro lugar no site:

27c8d1832de6a3123b6ee45b59ae2f81b0d9d0d0

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s