A noiva que morreu na porta da igreja.

DSC00684

De fome.  Ao menos é o que conta a lenda (ou seria verdade?) Em Rio Pardo na igreja de São Francisco erguida em 1813, a greve de fome de uma mulher contrariada não possibilitou um final feliz. Prometida por seu pai a um pretendente por ele escolhido, como era costume em séculos passados, essa corajosa guerreira decidiu radicalizar. Afinal, seu coração já pertencia a um soldado que poderia estar lotado no Forte Jesus Maria José, precursor do povoamento desta cidade a beira do Jacuí com mais de dois séculos de história. O jovem militar deste lugar conhecido como tranqueira invicta por nunca ter caído em inimigas mãos espanholas, acabou sofrendo as represálias do poder político do pai da nubente, tendo sido transferido para longe dos olhos da amada. Mas a zelosa mãe da jovem, ao se desesperar com a greve de fome dela, implorou o perdão do marido ao amoroso casal. Mas já era tarde e a fraqueza da noiva, fez com que ela sucumbisse a vida, ao entrar na igreja para realizar o sonho de se casar apenas por amor. Desde então, as devotas de Nossa Senhora da Boa Morte, como o fora esta moça, entregam seus vestidos de noiva em troca de promessas cumpridas. Ao lado da belíssima igreja, há inclusive um local para a guarda e exposição destes vestidos, e na nave principal uma imagem da santa vestida de noiva está em destaque. Mas ainda há muito mais sobre esta igreja e a importante cidade de Rio Pardo.

DSC00649

Reserve seu HOTEL, clicando na figura abaixo para ser direcionado para o site:

27c8d1832de6a3123b6ee45b59ae2f81b0d9d0d0

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s