A tradição de pintar ovos de Páscoa



Fortemente enraizada nas comunidades germânicas do Rio Grande do Sul ao menos em tempos passados. Era muito comum antes do domingo de páscoa, municiar a criançada de pincéis e tintas para que soltassem a imaginação e criatividade enfeitando ovos de galinha… Isto mesmo. Provavelmente em tempos de menos fartura de chocolate eram os ovos retirados do aviário, que faziam parte da festa. E em muitas das vezes seu interior era substituído por amendoins açucarados para alegria da criançada. Pois foi para resgatar esta tradição que o Museu Municipal de Sapiranga (que fica em uma antiga estação de trem e do qual ainda falaremos e outra postagem), criou este pequeno recanto em sua exposição permanente. Nele está um exemplar de uma tinta especificamente desenvolvida para este fim, mas que provavelmente não mais exista. Ou será que ainda é fabricada? Há também métodos naturais de obtenção destas cores, que provavelmente eram a único meio de realizar a atividade em tempos mais remotos.  Mas é claro que nem tudo passou e esta arte não é tão somente histórias que se mostram em museus. Alguns lares, buscam ainda manter esta encantadora tradição neste já adulto novo século. Utilizando este mágico momento para ligar as diferentes gerações de uma família…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s