Que serpenteiam por entre pedras ao descer a Serra Gaúcha em direção ao Vale dos Sinos, e se prestam à emoção de esportes radicais. E é na porção superior em Três Coroas quando sua largura é menor e ele está acompanhado de altos e verdejantes morros, que a emoção toma conta. Nos parques dedicados principalmente às aventuras sobre às águas estruturas e equipamentos modernos possibilitam aos esportistas, profissionais e de final-de-semana, exercerem a sua paixão pela aventura. A canoagem e suas competições, foi de certa forma a pioneira, principalmente no Parque das Laranjeiras de onde vem as imagens desta postagem. Mas depois vieram os botes e suas turmas de turistas dispostos a enfrentarem medos e desafios, e outros empreendimentos surgiram na região. Todos eles organizados para também receber aqueles que não tem uma grande paixão por estas peripécias, mas amam estar perto da natureza. Contemplando as paisagens, a dança das águas e as manobras dos aventureiros a desafiá-las. Uma prova de que o nosso magnífico patrimônio natural pode nos dar muito, sem que seja necessário modificá-lo de forma mais intensa…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: