Como se viajava para a praia em outros tempos

Scroll down to content

Em uma carroça como esta, puxada por cavalos… E levava quatro dias! Este exemplar do peculiar meio de transporte de décadas atrás, está exposto no Museu Abrilina Hoffmeister de Tramandaí. Que fica bem perto da ponte sobre o rio de mesmo nome que separa esta que é considerada a capital das praias gaúchas, da vizinha Imbé. E transportava vagarosamente pioneiros veranistas de São Leopoldo no Vale dos Sinos até o litoral finalizando o roteiro em Mariluz, uma outra praia a poucos quilômetros de onde o veículo “descansa”. Mas é claro que há mais a mostrar neste museu histórico, como ambientes que remetem a escritórios e outros ambientes de casas antigas, retratando a vida de um lugar que não é somente a sua agitada temporada de verão. Lá também, como já mostramos em outras cidades do sul, estão vestimentas e objetos que contam a saga da imigração de portugueses vindos das Ilhas dos Açores, na região. Mas há algo que pode chamar atenção de gerações de mais idade que cresceram neste lugar, ou que frequentavam este balneário nas férias. Um interessante e simpático robô feito de sucatas, com luzes que acendiam, e que enfeitava uma loja do centro. Algo que certamente marcou a infância de muitos em tempos sem celulares e de uma ainda incipiente televisão… Mostramos este “personagem” inusitado, bem como os restante do museu no vídeo Destinos de Tramandaí e Imbé do nosso canal do Youtube e que está nesta postagem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: