Um imenso paredão vertical que parece recortado à mão. É por onde despenca a Cascata Vitória em Maratá, em um lago onde é proibido nadar. Mas e quando chegar o verão? E o romântico banho de cachoeira? Nem tudo é perfeito… Mas natureza não é? Depende. Digamos que ela não seja totalmente equacionada para atender o cliente… Ali nessa cidade do vale da felicidade, a proximidade da queda e a irregularidade do fundo podem trazer surpresas desagradáveis. Mas o riacho que se segue ao poço, ou mesmo a parte de cima da queda, são convidativos ao banho (permitido), ou mesmo a simples contemplação. A energia da água da Vitória que hoje é admirada por sua beleza, já foi transformada em eletricidade no começo do século passado, por uma usina ali instalada. Mas alternativas vieram e a economia fez suas escolhas, desativando o antigo empreendimento local. No seu lugar, um parque com bar, churrasqueiras e outras estruturas adequadas, foi erguido para receber aqueles que sabem que a natureza pode não ser perfeita, mas é recheada de surpresas muito agradáveis… 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: