Porque é a tradução do francês da expressão “Châteua D’eau” que foi o nome dado ao monumento principal desta que é uma das primeiras cidades gaúchas. Recentemente restaurado, possui um formato de torre com grossas colunas cercado de estátuas de ninfas com seus belos rostos angelicais, e com a figura do deus Netuno comandando tudo de cima. Duas simpáticas pontes permitem que se passeie no centro do pequeno lago em meio a estas colunas. Permitindo de certa forma interagir com esta bela construção. Erguido em 1925, funcionou durante anos, como reservatório do sistema de distribuição de água da cidade, um dos pioneiros do estado. Centralizado na Praça Balthazar de Bem e rodeado de palmeiras, compõe com o prédio da antiga Câmara Municipal hoje ocupada por um museu e a catedral Nossa Senhora da Conceição, um lugar muito interessante e repleto de história. Um ponto de encontro da cidade, que pode se orgulhar deste patrimônio, mas também um espaço para que muitos outros o visitem. E valorizem não somente a sua criação, mas os esforços feitos para a preservação deste belo conjunto histórico…

2 Replies to “Um Castelo de Águas em Cachoeira do Sul”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: