Lagoa dos Barros e a história da noiva

Scroll down to content

É impossível passar desapercebida a grande extensão de água às margens da principal ligação entre Porto Alegre e o litoral norte gaúcho. A Lagoa dos Barros é uma das várias que caracterizam a planície próxima ao mar ondem também chegam os morros da Serra Geral. E suas praias de areias brancas somadas ao seu belíssimo entorno formam cenários surpreendentemente belos…

E a paisagem se completa com os cataventos ao longe, já nas imediações de Osório, destinados transformar a energia dos ventos em eletricidade. Todo este ambiente se observa principalmente a partir de um balneário que pertence a Santo Antônio da Patrulha, e que permite o banho em suas calmas, mas misteriosas águas. Afinal, talvez muitos dos que costumam aproveitar o espaço no verão e usufruir de estruturas que incluem salva-vidas, conheçam algumas lendas que cercam esta massa d´água. Dizem que a pesca ali é difícil e não recomendada por existir um redemoinho que engole as embarcações… E que levaria para uma cidade subterrânea que vez que outra deixa amostra a torre de uma igreja…

Mas a mais marcante lenda, que aterroriza não só os que frequentam e aproveitam suas águas, mas também os que passam pela estrada, é a da aparição de uma misteriosa noiva em noites escuras… Alguns disserem que a viram, outras tem dúvidas, mas a origem desta história pode estar relacionada a um trágico e verídico fato ocorrido em 1940 na capital gaúcha. Quando um casal de jovens apaixonados teve o desfecho de sua relação nesta emblemática lagoa…

O moço muito contrariado pelo fato de sua prometida em casamento ter rompido o relacionamento, teria a convidado em meio a uma festa de jovens no Clube Germânica, para conversar em seu carro. Contrariada, a jovem, que havia dançado com outro e despertado ciúme no ex-noivo teria aceitado o convite, que lhe seria fatal… O reaparecimento dele ferido alguns dias depois, somado ao sumiço dela, levou a uma investigação policial, e um falatório geral principalmente na comunidade germânica da cidade, a qual os dois faziam parte. Depois de diferentes versões ele finalmente confessou a morte dela, e o local onde a deixara na distante Lagoa dos Barros. O que permitiu o resgate do corpo que está enterrado na capital, e a condenação do assassino…

Uma triste história de amor e ódio que terminou de forma trágica e precoce com a vida de uma mulher. E é provável que muitos creem que apesar de seu corpo ter voltado para Porto Alegre, sua alma teria ficado vinculada ao lugar. Talvez para assombrar, ou mesmo lembrar aos que passam por ali sobretudo os homens, que desavenças amorosas não podem levar à violência. Muito menos à morte…

Quer fazer passeios no Rio Grande do Sul, ou adquirir ingressos para várias atrações da Serra Gaúcha, ou mesmo um hotel em qualquer lugar? Então clique no botão abaixo e escolhe o que fazer com empresas parceiras, e venha para os destinos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: