O Legado Germânico no Museu Histórico Visconde de São Leopoldo

Scroll down to content

Faz quase 200 anos que um corajoso grupo de homens e mulheres, atravessou o oceano para se estabelecer nas margens do Rio dos Sinos e iniciar uma nova vida. O legado deixado por eles e por seus descendentes, incluindo sua relação com o ambiente que os cercava, e os que aqui já estavam, estão devidamente registradas em um espaço único. O Museu Histórico Visconde de São Leopoldo, na cidade de mesmo nome deste nobre, conta boa parte desta saga e de como era a vida nos primeiros anos. Além dos primeiros resultados dos seus esforços…

Em didáticos painéis ou em objetos variados que resistiram ao tempo, estão descritos capítulos vividos por gente comum, ou personalidades que se destacaram. Além do próprio visconde, está em evidência a história do médico João Daniel Hillebrand, que listou o nome de todos os que aqui chegaram na colônia nas primeiras três décadas, em um pioneiro censo da região…

A explicação sobre o empreendimento do império para produzir o Linho-Cânhamo, que existia antes da chegada deles, também está narrada, assim como a importância da participação dos Jesuítas na história da cidade e de todo o estado. As dificuldades encontradas no desbravamento do terreno, os conflitos com indígenas e a participação em revoltas com a Revolução Farroupilha, também são apresentadas em belos painéis…

E a saga segue sendo mostrada através da exposição de objetos que descrevem os passatempos realizados em clubes, como a música e os esportes. Com destaque para o tiro a alvos, com interessantes e caprichadas pinturas que sempre nos chamam a atenção. Objetos de uso doméstico e industrial, incluindo antigas máquinas da tradicional indústria gráfica, também tem um relevante espaço na mostra. Até mesmo um antigo armário das típicas vendas que se espalhavam pela colônia, está disposto em uma sala, acompanhada de uma coleção de relógios de parede, no estilo cuco…

O lugar é uma verdadeira referência para se conhecer, se aprofundar e se encantar com esta história que vem ganhando destaque nos últimos tempos por um motivo mais do que relevante. Afinal, dentro de dois anos, em 25 de julho de 2024 se completarão exatos dois séculos que estes pioneiros chegaram bem perto dali. Para iniciar uma jornada que segue em constante construção e evolução, em direção ao futuro…

Quer fazer passeios no Rio Grande do Sul, ou adquirir ingressos para várias atrações da Serra Gaúcha, ou mesmo reservar um hotel em qualquer lugar? Então clique no botão abaixo e escolhe o que fazer com empresas parceiras, e venha para os destinos!

2 Replies to “O Legado Germânico no Museu Histórico Visconde de São Leopoldo”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: