Vila Ferraz e Linha Formosa entre paisagens e casarões

Scroll down to content

Na bela planície central do Rio Grande do Sul, com a visão dos morros ao fundo, duas cidades vizinhas possuem comunidades em seu interior que nos encantaram em ensolarada tarde de primavera. Nas pacatas Vila Ferraz em Candelária e Linha Formosa em Vale do Sol, separadas por poucos quilômetros, paisagens inspiradoras e antigos casarões compõem um cenário de cinema…

Já há tempos queríamos conhecer Vila Ferraz onde duas casas antigas compridas com um conjunto grande de portas e janelas, marcam a região. Ambas estão fechadas, mas parecem pedir um investimento, para que sua recuperação a transformasse em um ícone do lugar. O aramzém ali ao lado, que possui uma arquitetura mais moderna, teria sido um salão de baile em outros tempos. Ao menos no que nos foi relatado por um antigo frequentador, com forte sotaque germânico… Que ainda concluiu que “era um tempo bom…”

Um pouco mais de asfalto e chegamos a Linha Formosa, com direito a uma parada em uma pioneira igreja batista, que pode ser acessado após se passar por um pontilhão de madeira em meio às árvores. Erguida em 1893, esta singela capela foi construída utilizando a marcante técnica enxaimel, típica da imigração germânica no sul.

Mas foi na sequência que nos deparamos com mais belos casarões antigos, um deles com data de 1901, e em bom estado de conservação… Certamente, muitas histórias e personagens passaram por ali, mas nesta vez ficamos só com as belas imagens, de suas interessantes linhas. Ficando a descoberta e a valorização de sua trajetória, para momentos de um maior mergulho em lugares especiais como este…

E pelo visto as pinguelas sobre riachos parecem sempre cruzar o nosso caminho ultimamente… Apesar que esta foi procurada por nós, porque, assim como outras, elas têm sido marcadas e fotografadas, pela comunidade da internet. Como que fazendo um convite a conhecê-las para, ao transpô-las, de certa forma interagir com a natureza… Com alguma emoção…

As paisagens formadas por planícies emolduradas pelas primeiras elevações da serra, são ainda salpicadas por pequenos prédios de tijolos a vista sem janela e com chaminés. São os fornos usados tradicionalmente para a secagem do fumo. As folhas que depois de secas servem como matéria-prima principal dos cigarros, são largamente plantadas na região. Abastecendo as indústrias do entorno, incluindo cidades maiores das proximidades como Vera Cruz, Venâncio Aires e Santa Cruz do Sul.

E como quase sempre, onde há comunidade germânica, há igrejas luteranas perfeitamente encaixadas na paisagem. A que passamos já no final do roteiro, já nos dirigindo de volta para casa, nos surpreendeu com um detalhe curioso. A presença de um relógio digital intercalando a apresentação das horas, com a temperatura, colocado em cima da antiga porta de madeira… Esta, nós pegamos aberta, e podemos entrar para captar imagens de dentro dela. Contando porém, com uma espécie de autorização de um outro homem da comunidade que parecia ter dificuldades de fala. Ao menos nós tivemos dificuldades de entendê-lo, e as poucas palavras que identificamos pareciam misturar o português com o alemão… Mas gestos e expressões de simpatia e gentileza prevaleceram, e foram o mais importante neste breve encontro…

Percorrer caminhos como estes, sempre trazem não só surpresas e belezas, como vivências especiais que marcam nossas trajetórias. Observar com a devida a atenção detalhes dos roteiros que traçamos, pode trazer experiências enriquecedoras. Que invariavelmente preenchem de forma positiva, a nossa alma…

Quer conhecer alguns dos lugares que mostramos aqui, ou adquirir passeios e viagens para vários destinos? Então clique no botão abaixo e escolhe o que fazer com empresas parceiras, e venha para os destinos!

Tu também pode reservar o teu hotel por um dos maiores sites de reserva da internet!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: